Blockchain e direito ao esquecimento na internet

Muito tem sido dito sobre Blockchain e criptomoedas, desde as visões mais otimistas a respeito de um possível fim dos intermediários (“trusted third parties”), até aquelas mais pessimistas, que veem na tecnologia uma forma de gastar muito dinheiro (e energia elétrica) em aplicações que poderiam ser muito mais simples e menos custosas. Blockchain é mais…

Ser mulher: We can do it

O que é ser mulher? O que realmente podemos fazer? Para  compreender como essas temáticas se relacionam com a governança da Internet e as mulheres, é imprescindível entender como se deram os avanços sociais, os quais permitiram às mulheres se reconhecerem enquanto sujeitos sociais e atores da governança, não obstante a constância de padrões abusivos.…

Governança da Internet: mulheres no IGF

A Governança da Internet, segundo definido pelo World Summit on the Information Society, busca o desenvolvimento e a aplicação de princípios, normas, regras procedimentos de decisão e programas que moldam a evolução e o uso da Internet. Assim, como maneira de representar os usuários da Internet, busca-se oferecer uma participação multissetorial nesse processo. Dessa forma,…

Tecnologias e Mulheres disruptivas

Adianto que este texto não é uma publicação de louvor aos avanços das políticas de empoderamento feminino. Exemplificar a existência de liderança feminina no mercado tecnológico pela CEO da Yahoo, Marissa Mayer, e COO do Facebook, Sheryl Sandberg serem mulheres é cometer um erro metodológico, pois estas personalidades são casos de exceção, não a regra.…