Participação de membros do IRIS na Escola de Governança da Internet

Na semana passada, dois membros do IRIS participaram do Curso Intensivo da Escola de Governança da Internet no Brasil (EGI), promovido anualmente pelo CGI.br. Esse curso é um espaço para que profissionais, ativistas, pesquisadores, gestores públicos e empreendedores possam aprofundar o conhecimento acerca dos temas e desafios relacionados a Governança da Internet no Brasil e…

detalhes

Café & Chat: Quem Governa os Algoritmos?

Dia 18 de agosto ocorreu a oitava edição do Café & Chat, com a participação de Guido Noto La Diega Professor de Direito da Universidade de Northumbria e Marco Antônio Sousa Alves Professor Adjunto de Teoria e Filosofia do Direito da UFMG. O evento foi realizado no auditório Francisco Luiz, 16º andar da Faculdade de Direito e Ciências do Estado da UFMG.

detalhes

Jurisdição e conflitos de lei na era digital: quadro político-normativo de regulação na internet

Continuando a série de produtos de pesquisa desenvolvidos por nossa equipe no âmbito do Projeto Internet & Jurisdição, o Instituto de Referência em Internet e Sociedade – IRIS, em parceria com o Grupo de Estudos Internacionais em Internet, Inovação e Propriedade Intelectual – GNet – da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), sob a coordenação…

detalhes

A maior mentira da história da Internet

O ato da mentira é inerente ao comportamento humano. Em todos os campos sociais, a mentira ocupa um espaço de manipulação da realidade, que pode ser expressado por uma omissão, pela escolha seletiva dos fatos ou pela simples criação dos mesmos. A ética por trás de uma mentira é sempre polêmica: Devemos contar uma verdade…

detalhes

Governo abre consulta pública para alteração do modelo de governança do Comitê Gestor da Internet no Brasil

O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) atua há mais de vinte anos na governança da internet no país. Criado em 1995 durante o governo Fernando Henrique Cardoso, por uma portaria conjunta do então Ministério de Estado da Ciência e Tecnologia e do Ministério das Comunicações, o Comitê é uma entidade de governança compartilhada…

detalhes

Porque a área cultural deve lutar também pela neutralidade da rede

Trabalhar com cultura, principalmente a independente que busca novos modelos de parceria e fomento, nos exige ser também ativistas em várias causas. O impacto da cultura digital nos modelos de divulgação e distribuição de artistas e projetos, permitiu uma maior democratização do acesso aos bens culturais, ampliando assim a formação de público e o consumo…

detalhes

Dois Dedos de Prosa sobre Criptografia, Direitos Humanos e o Caráter Moral do Trabalho Criptográfico

Mais um texto da nossa série de convidados externos, desta vez escrito pelo Grupo de Pesquisa em Direito e Tecnologia da Universidade Federal de Pernambuco com a colaboração dos pesquisadores André Lucas Fernandes, André Ramiro, Paula Côrte Real e Raquel Saraiva. A problemática da segurança irrestrita nas comunicações eletrônicas vem tomando espaço no debate público, justo…

detalhes

Sob a Perspectiva do Vale do Silício: por que a Educação Jurídica Precisa se Adaptar ao tecnológico Século XXI

Texto originalmente publicado aqui, em 10 de Julho de 2017, no blog do Le Lab Legalstart. Tradução autorizada e aprovada pelos administradores do blog e pelo autor. Tradução publicada em 31 de Julho de 2017 – François Weidler-Bauchez François se formou na Sciences Po de Paris e está, atualmente, cursando a Paris Bar School. Ele…

detalhes

Apostila: Curso de Introdução ao Direito da Internet

Em março de 2016, o IRIS ofereceu junto ao Gnet o Curso de Introdução ao Direito da Internet, na Faculdade de Direito e Ciências do Estado da Universidade Federal de Minas Gerais. Além de capacitar novos e futuros membros do grupo de estudos, o evento serviu como cartão de visitas para interessados no tema. Fruto…

detalhes