Se sistemas de inteligência artificial puderem ser considerados “pessoas”, quais direitos eles devem possuir?

Matt Scherer Tradução autorizada: Odélio Porto Júnior O último texto nessa série mostrou que as sociedades empresariais, espécie da pessoa jurídicas, surgiram como institutos jurídicos dotados de certos direitos porque a sociedade como um todo acreditou que seria benéfico do ponto de vista econômico e social. Desde então, os reais benefícios da dotação de personalidade…

Manual de Tallinn e o uso da força

Francisco Rogério Moreira Campos e Bruno de Pinheiro Tavares O que é o Manual de Tallinn O Manual de Tallinn, elaborado por estudiosos e especialistas na área de ciberconflitos aplicados à lei internacional, é um documento acadêmico não vinculativo, que disserta sobre a interpretação da lei internacional com o objetivo de encontrar discernimento mais claro…

Vigilância na internet

Bruna Batista e Luís Israel No dia 19 deste mês, completaram-se quatro anos desde que a embaixada do Equador em Londres concedeu asilo político a Julian Assange, ciberativista australiano e um dos membros do conselho consultivo da Wikileaks. A caça a Assange teve início em 2010, com o vazamento de documentos confidenciais do governo americano…

Direito tributário e internet

Anna Flávia Moreira e Flaviano de Oliveira O direito incide sobre os fatos sociais e, se os fatos sociais mudam, o direito também precisa se adequar a eles para manter sua relação de eficácia sobre os novos horizontes da realidade. Nesse sentido, a sociedade em rede, baseada no paradigma econômico-tecnológico da informação, traduz-se não apenas…